Um dia especial no futebol

Hoje é um dia especial para o futebol, tanto para o Soccer, quanto para o futebol americano, onde a lenda Tom Brady tenta colocar mais um anel de campeão nos seus dedos buscando a vitória no Super Bowl LV, um dos eventos mais importantes da TV americana. Do outro lado do mundo, no Catar, o alviverde imponente faz sua estreia no mundial de clubes contra o Tigres do Mexico, esse último fez sua estreia contra o Ulsan da Coreia e não mostrou nada demais em seu repertório.

O time mexicano trabalha seu ataque principalmente de duas formas, hora com passes bem curtos e velozes, o qual chamam no futebol moderno de jogo apoiado que a meu ver não passam das antigas triangulações, ou baseado na habilidade pelas pontas principalmente de dois jogadores, Quiñones e Aquino, que buscam sempre jogadas visando a finalização do artilheiro francês Gignac, que por sinal aos 35 anos está em excelente forma. Se nenhuma das duas formas funciona, os mexicanos treinandos pelo brasileiro Tuca Ferreti vão no conhecido “chutão para frente”, onde o centro avante francês tenta brigar pela primeira bola com a zaga adversaria. O dono do meio de campo é o brasileiro Rafael Carioca, que teve passagens pelo galo, Vasco, entre outros...ele faz o trabalho brilhante de volante, especialmente com passes em profundidade e lançamento invertendo o jogo entre os lados do campo, outro ponto forte do versátil volante brasileiro é a capacidade de recomposição de marcação, muitas vezes quando o time está pressionado, ele entra na linha dos 4 jogadores mais defensivos do Tigres alternando o esquema de 4-4-2 para 5-3-2, onde ele se torna mais um zagueiro.

Conhecendo o time do Palmeiras, acredito que a grande oportunidade verde para conquistar a vitória passa pelo Rony, esse deveria jogar bem aberto fazendo com que a defesa adversaria não fique tão compacta e deixe espaço para o Luiz Adriano pelo meio, pois os dois zagueiros mexicanos são lentos e de pouca habilidade e com certeza o matador palmeirense vai levar a melhor nessa disputa, assim acho que o Luiz Adriano guarda 2 hoje!!!!

A verdade que o Palmeira é mais time e entra como favorito, mas como diz o ditado, “o jogo é jogado” e do outro lado tem jogadores experientes que já rodaram clubes europeus e podem decidir o jogo em uma bola, dificultando a vida do clube brasileiro. Na minha opinião, sair do Brasil e perder na semi final seria melhor ficar em casa. Com todo respeito ao futebol mexicano, mas o Palmeiras pela sua história tem a obrigação de ir até a final do campeonato.


78 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Receba nossas atualizações

Bisbi Notícias: Rua Constituição 318, Zona 1 - Cianorte PR - (44) 99721 1092

© 2020 por bisbinoticias.com.br - Todos os direitos reservados

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco