POLÊMICA PRA QUÊ? CAMPANHA DA FRATERNIDADE!


Por:- Dr. Rubens Pereira de Carvalho - Contador e Advogado.

​O Objetivo da Campanha da Fraternidade na Igreja Católica do Brasil, procura refletir algum tipo de problema no meio familiar, no meio ambiente, na saúde, na Política, entre outros temas que poderão ser abordados.

​Essa Campanha existe desde 1964, tendo sido criada pela CNBB - Conferência Nacional dos Bispos do Brasil e acontece normalmente no período da Quaresma, ou seja, 40 dias, que se inicia na Quarta Feira de cinzas e termina na Páscoa.

Quaresma significa tempo de preparação espiritual para a Ressureição de nosso Salvador, ou Páscoa que significa passagem da morte de Jesus para a vida.

É por isso que no tempo da Quaresma procuramos fazer uma revisão de nossa vida interior.

É por isso que se apresenta certos temas para nossa meditação, ou reflexão e também para nossa conversão.

São temas, ou leituras, que nos ajudam a fazer boas ações por amor ao nosso senhor, e não para nos aparecer ou querer mostrar que somos melhores que os outros.

Esse é um defeito que pode aparecer em um simples diálogo, onde impomos as nossas vontades sem queremos ouvir a vontade dos outros.

Achamos que sabemos tudo e implicamos com a vontade de agir do outro.

Sendo assim, não há diálogo.

Assim, temos que nos questionar: A Campanha da Fraternidade de 2021, nos chama a reflexão “FRATERNIDADE E DIÁLOGO: COMPROMISSO DE AMOR: e o que estamos a fazer nesse ano para essa reflexão proposta pela Campanha da Fraternidade Ecumênica?

Estamos a dizer não pela reflexão a Fraternidade, ao diálogo e ao compromisso do Amor?

Será que essa reação de alguns para não aderirem a Campanha de 2021 não é uma reação de negatividade para o Diálogo ou a não aceitação da Fraternidade?

O que tem de errado nesse tema, para que possa se refletir a proposta da Campanha da Fraternidade por 40 dias?

Onde está a Fraternidade dos que se dizem católicos? Digo católicos, pois os que não o são, não precisam se preocuparem com o tema proposto.

Lembrando que não devemos confundir a proposta da Fraternidade, com propostas Politicas.

A Fraternidade proposta pela Campanha da Fraternidade é a do Evangelho, que vem das palavras de Cristo, e não palavras jogadas fora.

A CF/2021, tem objetivos que merecemser bem abordados pelos Católicos e Evangélicos que aderiram a Campanha e que foi endossado pelo Conselho Nacional de Igrejas Cristãs, o CONIC, pois, vejamos:

- Denunciar as violências contra pessoas, povos e a criação, em especial, as que usam o nome de Jesus;

- Encorajar a justiça para a restauração da dignidade das pessoas, para a superação de conflitos e para alcançar a reconciliação social;

- Animar o engajamento em ações concretas de amor à pessoa próxima;

- Promover a conversão para a cultura do amor em lugar da cultura do ódio;

- Fortalecer e celebrar a convivência ecumênica e inter-religiosa.

Para finalizar, os católicos e evangélicos que se uniram de forma ecumênica, não devem e não podem perder o foco da Campanha da Fraternidade, que pretende ensinar o valor do ensinamento bíblico de que Cristo é nossa Paz.

Não vamos nos esquecer da Campanha da Fraternidade 2021 com o tema FRATERNIDADE E DIÁLOGO: COMPROMISSO DE AMOR e do lema CRISTO É A NOSSA PAZ: DO QUE ERA DIVIDIDO, FEZ UMA UNIDADE. Quem escreveu o texto da CF/2021?NÃO INTERESSA.

129 visualizações0 comentário

Receba nossas atualizações

Bisbi Notícias: Rua Constituição 318, Zona 1 - Cianorte PR - (44) 99721 1092

© 2020 por bisbinoticias.com.br - Todos os direitos reservados

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco