Piauí: um fotógrafo inesquecível

Atualizado: Jan 11

Por: Aida Franco de Lima – Professora universitária há 20 anos. Dr.ª e Mestre em Comunicação e Semiótica (PUC-SP), Jornalista e Especialista em Educação Patrimonial (UEPG - PR); Guia Especializada em Atrativos Turísticos Naturais (SENAC - EMBRATUR);Técnica em Vestuário (CEEP - PR); (Série: Guardador de Palavras da Gabi).


#Piauí: igual escoteiro, sempre alerta! (Foto: Aida Franco de Lima)


19 de novembro de 2017. Era a Primeira Comunhão da minha filha, a Gabi. Levei a câmera para fazer algumas fotos, mas não me atrevi a atrapalhar o trabalho da equipe de um dos maiores, senão o maior, fotógrafo cianortense, o Piauí.


Enquanto o padre celebrava a missa eu via sua equipe deslocando de um lado para o outro para garantir a melhor imagem de cada uma das crianças. E fiquei pensando que atualmente todo mundo tem um celular e já se acha "o fotógrafo" e muitas vezes nem valoriza o trabalho desses profissionais.


Mas no passado eram eles, a equipe do Piauí e de outros que conhecemos em Cianorte, que investiam dinheiro em equipamentos que nem havia na Cidade, material para revelação e tudo mais. Hoje para alguns é desnecessário contratar um fotógrafo para determinadas ocasiões, mas se não fossem eles...


Missão impossível fotografar um f#otógrafo com ele em ação (Foto: Aida Franco de Lima)


Fiz umas fotos aleatórias das crianças do lado de fora e uns vídeos da cerimônia. Mas fotos profissionais, fotos com qualidade, tem que ser com quem desloca uma equipe inteira para eventos que consomem horas de trabalho, em feriados, postergando os momentos de descanso... Tinha que ser com o Piauí.


Eu tentei fazer uma foto dele, mas era difícil, pois não ficava quieto, corria de um lado para o outro... Já tínhamos combinado, eu iria na sua loja, quando a gente tivesse um tempinho, para ele me contar a sua história e fazer uma bela reportagem, como um grande profissional merece. Mas não deu tempo!


Sempre apressado em busca do melhor #ângulo (Foto: Aida Franco de Lima)


No dia 30 de agosto de 2019 eu abri meu Facebook e li a notícia de sua morte. Na hora, eu senti a dor da perda, e senti um pouco de remorso por não ter feito a nossa longa entrevista... Então, eu deixo aqui uma pequena homenagem, pelo Dia do Fotógrafo, 08 de janeiro, a esse profissional cujo tempo não esperou a nossa longa conversa. Eu sei que quando fôssemos conversar, ele iria se encostar no balcão e iria ser interrompido várias vezes, por alguém que passasse na rua e o cumprimentasse de longe e pelos clientes ou amigos que ali chegavam. Sempre com um sorriso, com uma energia, com atenção! Eu sei que ele iria me contar histórias incríveis! Porque só quem tem histórias incríveis é quem ama o que faz e o Piauí, José Pereira da Silva, o fazia maravilhosamente bem.


Obrigada Piauí e equipe, por vocês marcarem a história da fotografia em #Cianorte.

232 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Receba nossas atualizações

Bisbi Notícias: Rua Constituição 318, Zona 1 - Cianorte PR - (44) 99721 1092

© 2020 por bisbinoticias.com.br - Todos os direitos reservados

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco