Palmeiras x Santos: veja escalações, desfalques e arbitragem da final

Por Bruno Giufrida, Gabriel dos Santos e José Edgar de Matos — Rio de Janeiro 30/01/2021 09h00 Atualizado há 2 horas

A busca pela glória eterna tem seu capítulo final na tarde deste sábado, quando Palmeiras e Santos entram no gramado do Maracanã, a partir das 17h (de Brasília), para decidir quem será o campeão da Copa Libertadores – clique aqui para acessar o tempo real.


A finalíssima já teria um peso gigantesco por si só, mas ganhou o "plus" de ser protagonizada por dois clubes do mesmo estado, ainda mais no estádio mais histórico do Brasil, em jogo único.

E uma decisão completamente diferente de qualquer outra já vista na história da Libertadores. Uma final sem abraço, sem aglomerações, sem a presença do público, a parte que fez o futebol ser um esporte tão amado no Brasil e no mundo. Tudo isso, claro, por causa da pandemia do novo coronavírus, que já matou mais de 200 mil brasileiros e muitos mais ao redor do planeta.

O combo de tensão, expectativa e obsessão pelo maior troféu das Américas faz a rivalidade centenária entre Peixe e Verdão chegar ao ápice.

O Palmeiras busca conquistar sua segunda Libertadores na história, guiado pelo técnico Abel Ferreira, Weverton, Gustavo Gómez, Rony e companhia. A última vez que conquistou a América foi em 1999, quando comandado por Felipão, Marcos, Paulo Nunes e Alex.

O Santos, por sua vez, pode se tornar o clube brasileiro com mais títulos da Libertadores se passar pelo Palmeiras. O Peixe sagrou-se campeão nos anos de 1962 e 1963, liderado por um esquadrão com Pelé, Pepe e companhia, e em 2011, quando a geração de Neymar e Paulo Henrique Ganso fez história.

É, realmente, uma final de outro mundo, como a Conmebol tem chamado. O campeão garante passagem de ida ao Catar, país que sedia o Mundial de Clubes nesta temporada. No caminho de Santos ou Palmeiras na semifinal está Tigres, do México, ou Ulsan, da Coreia do Sul.


Palmeiras – Técnico: Abel Ferreira

Abel Ferreira possui praticamente força máxima para escalar o Palmeiras para a decisão deste sábado. Depois de lesão muscular contra o River Plate, o capitão Gustavo Gómez está de volta e inclusive chega ao Maracanã com 90 minutos jogados contra o Ceará.


O treinador ainda conta novamente com Rony. Desfalque por conta da condição física diante de Flamengo, Ceará e Vasco, o atacante trabalhou normalmente nos dois treinos no Rio de Janeiro e deve voltar ao time na competição em que tem brilhado.


Quem está fora: Luan Silva (cirurgia no joelho esquerdo) e Wesley (cirurgia no joelho esquerdo)



Santos – Técnico: Cuca

Cuca terá o que tem de melhor à disposição para a grande decisão contra o Palmeiras. O time conta com o retorno de Alison, recuperado de Covid-19, e deve ser escalado com o quarteto ofensivo, formado por Lucas Braga, Kaio Jorge, Marinho e Soteldo.


O jogo marca a despedida de Lucas Veríssimo, já negociado com o Benfica. Diego Pituca, negociado com o Kashima Antlers, também dá adeus caso o Peixe não seja campeão. Se o tetra for conquistado, o volante fica à disposição no Mundial de Clubes.


Quem está fora: Jobson, Carlos Sánchez e Raniel (departamento médico)



  • Árbitro: Patricio Loustau (Argentina);

  • Árbitros assistentes: Ezequiel Brailovsky e Diego Bonfa (ambos da Argentina);

  • VAR: Mauro Vigliano (Argentina).


IMPORTANTE: Apesar que este jogo ficará na História do Futebol, essa Redação espera que ao final da Bola Rolar, o Mundo se torne mais VERDE... Vamos ao Jogo...


Abraços para todos os Santistas!


34 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Receba nossas atualizações

Bisbi Notícias: Rua Constituição 318, Zona 1 - Cianorte PR - (44) 99721 1092

© 2020 por bisbinoticias.com.br - Todos os direitos reservados

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco