ofertas-do-dia-1 (1).png
200.gif
pet-shop-da-amazon-racoes-petiscos-e-mui

O famoso conto do vigário faz mais uma vítima em Umuarama

Por Paulo Tertulino - Blogueiro


O conto do vigário é mais velho que andar para frente. Desta vez foi uma idosa em Umuarama. O malandro chegou nela e disse que tinha R$ 900 mil para sacar no banco. Só que para sacar o montante ele precisava depositar R$ 30 mil. Grana que não tinha.


O malandro disse que se ela ajudasse lhe daria R$ 90 mil. A bondosa senhora disse que tinha apenas R$ 9 mil. Negócio fechado. Caiu no conto do vigário.


Origem - No século XIX em Portugal quando alguns malandros chegavam à cidades desconhecidas e se apresentavam como emissários do vigário. Diziam que tinham uma grande quantia de dinheiro numa mala que estava bem pesada e que precisaria guardá-la para continuar viajando.

Diziam que como garantia era necessário que lhes dessem alguma quantia em dinheiro para viajarem tranqüilos e assim conseguiam tirar dinheiro dos portugueses facilmente.


Diz um velho ditado – Quando a esmola é grande, o santo desconfia!



30 visualizações
banner_anuncie (1).png