O Derby que não deveria acontecer!

Pelo menos hoje, esse jogo não deveria acontecer. Os confrontos entre Corinthians e Palmeiras sempre são gigantes independente do campeonato, é um caso de amor e ódio. Para o corintiano, como doeu o gol de Breno Lopes na final da Libertadores recentemente, foi como se o próprio Corinthians amargasse uma derrota ao ver o time alvi-verde levantando o caneco mais importante da América pela segunda vez, já do lado palmeirense, quão doído é rever as impressionantes defesas de Cassio e o gol de Paolo Guerrero contra o Chelsea na final do mundial de clubes de 2012. Mas por outro lado, nenhum dos dois lados gostaria de deixar de ter o sabor de jogar contra esse adversário e ter a possibilidade de vencer, caso um dos lados um dia venha não mais existir seria o mesmo de Adão sem Eva, Romeu sem Julieta ou até mesmo um avião sem asa.

Mas hoje não, nenhuma das duas torcidas precisa desse jogo, ontem foi o dia que mais tivemos óbitos no nosso país decorrente dessa terrível pandemia que estamos vivendo, pelo time de parque São Jorge mesmo, ontem foram registrados 17 casos de covid, sendo 8 de jogadores. Quem pode nos garantir, por mais protocolos que temos nos campeonatos, que algum jogador alvi-negro não possa vir a jogar infectado hoje, e transmitir o vírus para atletas palmeirenses, que podem retransmitir o vírus a seus colegas de clube que tem um compromisso muito importante domingo que é a decisão da copa do Brasil. Em termos de futebol, apenas o Palmeiras tem a perder no jogo de hoje, por sinal nem se fosse em um momento normal de saúde pública, colocar um derby entre meio dois jogos da final que o Palmeiras esta disputando é uma grande desorganização da federação paulista, que desprestigia seu próprio campeonato fazendo que o time de palestra entre com um time reserva.

O Corinthians de acordo com o site globo.com, depois de anos 3 terá alguém diferente no gol que não seja Cassio (Covid-19) ou Walter ( Transferência para o Cuiabá), deve jogar o prata da casa Matheus Donelli, Bruno mendes continua na lateral direita substituindo Fagner ( Covid-19 ) e a zaga fica completa com Jemerson, Gil e L. Piton ( Substitui F. Santos também com covid-19). Na vaga de Gabriel, também em quarentena, entra Xavier, e o trio de ataque fica por conta de Cazares, M. Vital (Otero) e Leo Natel. Realmente o Corinthians tem um elenco muito fraco, caso não venha a trazer reforços para esse ano, vai ser mais um ano de sufoco no brasileirão, talvez se classifique para segunda fase do paulistão.

Lá pelos lados do Palmeiras, o único titular que deve aparecer no jogo de hoje será o Luan, expulso no primeiro jogo da final contra o Grêmio e automaticamente fora da decisão. Acredito que o destaque fica por conta de Gabriel Silva como atacante, centro avante de 18 anos que está tendo chances com Abel Ferreira. Mesmo não tendo uma boa estatura para sua posição, ele tem uma característica muito importante de conseguir se posicionar entre os zagueiros e atacar espaços vazios para receber a bola com boa liberdade para finalizar. O ataque deve vir com G.Scarpa, L.Lima, Willian e Gabriel Silva. Não se assustem caso Breno Lopes apareça como lateral direito hoje, mesmo atuando como atacante atualmente, no passado já fez essa função de defensor.

Por fim, não podemos deixar de comentar sobre a arbitragem, que terá a excelente Edina Alves como arbitra principal da partida, a primeira vez que ela apita um derby e com certeza não teremos problemas se o VAR não atrapalhar as decisões da Edina em campo, vale a ressalva que a Neusa Inês Back será uma das auxiliares, as mulheres têm feito grandes trabalhos no esporte brasileiro.


38 visualizações
banner_anuncie (1).png