MercadoLivre da moda

Por: Joel Silva


Alguns cliques, alguns dados e pronto: pedido feito e em poucas horas separado para envio, tanto faz de onde e para onde. A evolução digital fez da internet um grande shopping e permitiu que lojistas locais pudessem alcançar clientes em todas as regiões do País. Com a pandemia que enfrentamos há quase um ano, o e-commerce cresceu mês a mês e se tornou a tábua de salvação de muitos negócios.


Ao mesmo tempo em que a pandemia permitiu o crescimento de quem apostou nos negócios online, também acelerou a derrocada do que parecia inevitável. Afinal, no século da comunicação digital e instantânea, quanto tempo mais resistirá o apelo e a vantagem de um comprador viajar milhares de quilômetros para comprar roupas? Em um mundo com 3D, realidade virtual, hologramas ou mesmo o simples WhatsApp, até quando será sustentável o modelo de shoppings atacadistas?


Talvez Cianorte precise fazer dessa crise uma nova reinvenção. Se os shoppings atacadistas, físicos, estão fechando ou reduzindo o número de lojistas e compradores, não seria a hora de apostar nos shoppings digitais, os marketplaces (como o Mercado Livre)?


Temos centenas de pequenas empresas e marcas sem capital para investir na distribuição de vendedores por todo o Brasil. Empresas sem capital pra criar uma loja virtual própria.


Se os empresários, a Asconveste (Associação das indústrias de Confecções e do Vestuário de Cianorte) e a Prefeitura investissem na criação de um marketplace de moda para as empresas locais, de atacado ou varejo, sem dúvida poderia ser o maior do Brasil.


Os clientes de qualquer região teriam uma vitrine virtual, com a mesma experiência de concorrência e qualidade que encontram nos shoppings locais. Inúmeras marcas, diferentes públicos, com acesso igual para todos os fabricantes divulgarem e venderem o seu produto.


Claro, é um palpite de alguém que não faz parte desse mercado. Posso até estar enganado, mas creio que vale a ideia, que vale discutir e elaborar. Se as grandes marcas quiserem, parece bem fácil. Inclusive a prefeitura e a maior representante do setor estão nas mesmas mãos. Quem sabe?

19 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Receba nossas atualizações

Bisbi Notícias: Rua Constituição 318, Zona 1 - Cianorte PR - (44) 99721 1092

© 2020 por bisbinoticias.com.br - Todos os direitos reservados

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco