Governo Bolsonaro gasta R$ 1,8 bilhão em alimentos; R$ 15 milhões apenas com leite condensado

Por Paulo Tertulino - Blogueiro


Ora pois. Seus seguidores apregoam que o (des) presidente Jair Bolsonaro é honesto. Não entro no mérito da questão. Mas era mesmo preciso gastar R$ 1,8 bilhão em alimentos, conforme está no Portal da Transparência da Presidência da República. De iguarias que a imensa maioria jamais da população vai experimentar a chicletes. Isto mesmo, chicletes. Um levantamento divulgado pelo Portal Metrópoles na última segunda-feira, 25, especificou os gastos do Governo Federal na gestão Jair Bolsonaro (Sem Partido) com compras de alimentos em 2020.

De acordo com os dados, disponíveis também no Painel de Compras do Ministério da Economia, todos os órgãos do executivo gastaram mais de R$ 1,8 bilhão em compras incluindo itens considerados estranhos para compra em larga escala.

Só de Leite Condensado, o governo gastou R$ 15.641.777,49. Apesar do alto valor, o gasto foi menor do que o registrado em 2019, primeiro ano de governo, quando foram pagos R$26 milhões do produto.


Itens como uva passa, R$ 5 milhões, barras de cereal, R$13,4 milhões, ervilhas em conserva, R$12,4 milhões e iogurte natural, que representa R$21,4 milhões, também foram vistos na lista que possui ainda vinhos, carne defumada, chantilly e até mesmo 2 milhões de reais em gomas de mascar.

114 visualizações
banner_anuncie (1).png