Fiocruz nega pedido do STJ para reserva de vacinas para Covid-19

Por Paulo Tertulino - Blogueiro


A Fundação Oswaldo Cruz – a Fiocruz negou pedido feito pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) para reserva de sete mil doses da vacina para a Covid-19 para imunizar magistrados e servidores da Corte. Para justificar a negativa a Fiocruz alegou que ela própria não tem autonomia para fazer reservas para seu quadro funcional, estando sujeita a critérios por serem definidos pela Anviva. Tendo em vista a repercussão negativa após notícia publicada pela Revista Veja online e repercutida por vários outros sites de notícias, o STJ emitiu nota em que ressalta que não quis “furar” a fila na busca do imunizante, apenas tentou fazer negociação comercial como já fez na compra de outras vacinas, citando como exemplo a gripe H1N1. A Fundação Oswaldo Cruz está trabalhando em parceria com a Universidade de Oxford e a AstraZeneca e recomendou que o STJ procure o Ministério da Saúde para tentar fazer a reserva para o quadro funcional da Corte.


12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Receba nossas atualizações

Bisbi Notícias: Rua Constituição 318, Zona 1 - Cianorte PR - (44) 99721 1092

© 2020 por bisbinoticias.com.br - Todos os direitos reservados

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco