BN_LOGO-removebg-preview(1).png
200.gif
amazongiftcard.jpg

Energias Mai$ Cara!

Atualizado: Jul 1


Energia mais Cara!

Junho de 2021 estamos em Bandeira Vermelha II.

Desde o ano de 2015, as contas de energia passaram a trazer o Sistema de Bandeiras Tarifárias, que apresenta as modalidades verde, amarela e vermelha, e indicam se haverá ou não acréscimo no valor da energia a ser repassada ao consumidor final, em função das condições de geração de eletricidade.

Cada modalidade apresenta as seguintes características:

Bandeira verde: Condições favoráveis de geração de energia. A tarifa não sofre nenhum acréscimo;

Bandeira amarela: Condições de geração menos favoráveis. A tarifa sofre acréscimo de R$ 0,01874 para cada quilowatt-hora (kWh) consumidos;

Bandeira vermelha: Patamar 1: Condições mais custosas de geração. A tarifa sofre acréscimo de R$ 0,03971 para cada quilowatt-hora kWh consumido.

Bandeira vermelha - Patamar 2: Condições ainda mais custosas de geração. A tarifa sofre acréscimo de R$ 0,09492 para cada quilowatt-hora kWh consumido.

Todos os consumidores serão faturados pelo Sistema de Bandeiras Tarifárias, com exceção de Roraima que está em um sistema isolado.

Nestes termos, estamos agora em Bandeira Vermelha - Patamar 2, ou seja, a cada 100 quilowatt-hora cada conta de energia terá acréscimo de R$9.42 (nove Reais e quarenta e dois centavos). Parece pouco a alguns, mas é muito!

Os motivos se resumem pela longa estiagem e maior déficit hídrico dos últimos 91 anos, como a demanda por energias são agora maiores que em 1930, a geração de energia deve ser planejada com antecedência.

Soma a crise hídrica a dependência das hidrelétricas que era de 70% em 2018 e 61% neste 2021. Com poucas chuvas e reservatórios em baixos níveis, para garantir equilíbrio na vasão fluvial, saneamento, abastecimento de água e geração máxima de energia, as termoelétricas geradoras de energia via queima de combustíveis fósseis como gás, carvão, diesel e gasolina serão e já estão acionadas. Por isso, com gasto de combustíveis para gerar energia, o preço sobe.

Apesar do risco de desabastecimento hídrico, racionamento de abastecimento e risco de apagão elétrico, renasce o diálogo da relevância e importância do investimento, estímulo e implantação maior de energias limpas, renováveis e sustentáveis como Solar Fotovoltaica, Eólica ou Maremotriz já que o Brasil tem amplo território em área intertropical, ventos abundantes em diversas regiões e mais de 7,4 mil km de litoral e também de igual importância, reflorestamento de matas ciliares e florestas da Mata Atlântica, Cerrado e Amazônia para recompor mananciais e fluxo de massas de ar como os rios voadores que contribuem muito para o abastecimento hídrico, de pluviosidade, fluvial e agropecuário.

Vale destacar: Economia Verde, Sustentável e Lucrativa é Possível!

@profsta #profsta

Detalhes sobre Economia Verde, Sustentável e Lucrativa, é Possível! (Aqui)


211859501_127144129544684_431378400865136191_n.jpg

Venha viver uma experiência em meio à natureza, no maior complexo de águas quentes do sul em um final de semana inesquecível com Bruno & Marrone e Guilherme & Santiago! Infos e Reservas @coralviagens ☎️ 44 - 3037-6353 📲 44 - 99900-5789 / 9994306355

banner_anuncie (1).png