Em nota Corinthians lamenta morte do santista Bruno Covas Prefeito de S. Paulo

Por Paulo Tertulino - Blogueiro


Uma das tristes do dia é a morte do jovem prefeito de São Paulo, Bruno Covas, 41 anos neste domingo (16) acometido de câncer no aparelho digestivo. Santista confesso – assim como seu filho Tomás, de 15 anos – o político mereceu nota oficial do Corinthians, arquirrival do time da Vila Belmiro lamentando seu falecimento.


Diz trecho da nota do Corinthians em suas redes sociais – “O Corinthians manifesta seu pesar pela morte do prefeito de São Paulo, Bruno Covas. Gestor jovem, pai e grande apreciador do futebol. Bruno também deixou um exemplo pela vida. O clube a todos os paulistanos, em especial à família Covas neste momento de luto e de dor”.


Bruno Covas morreu no ano em que se completa 20 anos da morte do seu avô Mário Covas em um dia de 6 de março. O velho Covas tinha em Bruno o seu neto preferido e o elegeu como seu herdeiro político.


O Brasil e não apenas São Paulo perdeu um jovem político com futuro promissor na carreira. Um homem seriamente comprometido com a democracia e com a justiça social.

Legenda foto - Tomás, o filho de 15 anos, com o pai no hospital