BN_LOGO-removebg-preview(1).png
200.gif
amazongiftcard.jpg

Economia no modo pandemia e povo no modo radical.

Por Walber Guimarães Junior, engenheiro civil e diretor da CIA FM.


Todo mundo sabe que está difícil pra todo mundo, bem mais difícil para alguns.

Setores inteiros a beira do desespero, eventos, por exemplo, sem falar nos desempregados e não me refiro apenas aos estimados catorze milhões das estatísticas mas aos quarenta milhões que gostariam de trabalhar. Pior que isto, a roleta do covid fazendo cada vez mais vítimas, para além dos que morrem na pandemia, entre os recuperados, o índice de mortes nos seis meses seguintes é bem elevado. Sequelas pós covid? Posso falar com propriedade, quase vinte dias negativado e o cansaço e a tosse ainda não me liberaram.

Toque de recolher ou lockdown são debatidas como se ambas não fossem igualmente terríveis para a economia. A situação caótica e ainda tem leigos nos ensinando que basta tomar cloroquina, invermectina ou água com limão! Quem sou eu pra duvidar? Alias, tenho certeza, que, exceto para cardíacos, pode ajudar e até reduzir o índice de contaminação. Mas que científico, é inteligente que nossa política pública não se apegue em soluções que a ciência não aprova ( e nem me questionem, não participei das pesquisas).

Gente morrendo em todos estados, a terrível preocupação com a tragédia das mortes sem assistência que estão por dias, ou horas, e as pessoas aqui nas redes lendo tudo segundo sua ótica política. Miopia seletiva que atinge alternadamente o lado direito ou o esquerdo, sempre só um lado, para mentes que não se expandem para discutir o contraditório porque o mix cultura política limitada, fakes news, políticos medíocres não produzem bons resultados.

Quem me acompanha sabe que tenho excesso de paciência e respeito por tudo isto. Por que iria agredir gente bem intencionada que quer o melhor para o seu país? Se houvesse certeza de alguma coisa, estariam todos juntos. Mas, está na hora de pensar em limites, não há santos no inferno ne, virgens na zona.

Cravo com convicção; erramos demais. Governo federal por negacionismo e inércia. Governos estaduais por priorizarem leituras políticas buscando dividendos na desgraça. Muitas prefeituras desviando recursos emergenciais e, sem subterfúgios, isto é crime hediondo neste momento.

Não tem inocente em nenhum nível, mas generalizações são sempre burras. Imaginar que querem o mau do Brasil só cabe na cabeça de desmiolados.

O momento é terrível. Se você é apaixonado pela direita ou pela esquerda, pouco importa, a questão principal é a pandemia não a política. As eleições são só em 22.

Infelizmente, as decisões precisam priorizar a pandemia sem tirar o olho da economia.

Tá muito difícil porque, isto é inquestionável, falta espírito público.

Máscara, distanciamento, álcool em gel, respeito e esperança.

Vai passar.

211859501_127144129544684_431378400865136191_n.jpg

Venha viver uma experiência em meio à natureza, no maior complexo de águas quentes do sul em um final de semana inesquecível com Bruno & Marrone e Guilherme & Santiago! Infos e Reservas @coralviagens ☎️ 44 - 3037-6353 📲 44 - 99900-5789 / 9994306355

banner_anuncie (1).png