Defesa do Dadá pede interrupção da comissão processante na Câmara

Por Paulo Tertulino - Blogueiro


A defesa do vereador afastado Dadá pediu a interrupção da comissão processante na Câmara, mas segundo o que apurou esta coluna esta tarde, a Justiça negou. A coluna apurou ainda que a semana será corrida na Câmara em relação a este caso e que pode ser decisiva na elaboração do relatório que apura a “rachadinha” do vereador com seu assessor Zico. De segunda-feira a quarta-feira a comissão processante vai ouvir as testemunhas arroladas no processo judicial.