XCM_Manual_1111779_Prime_Day_Animation_with_Static_REQUEST_640x300_Prime_DES17-Hero-4-gif.gif
200.gif
gear-patrol-primeday-lead.gif

Decisão do Pleno do TJD complica situação do Leão do Vale no Paranaense

Por Paulo Tertulino - Blogueiro


O Pleno do Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná (TJD) decidiu na noite desta quinta-feira (13) excluir o Cascavel CR do Campeonato Paranaense de 2020. O motivo é a acusação de falsificação de exames de Covid-19 de jogadores para enfrentar o Athletico, na Arena da Baixada, em 22 de abril.

Cabe recurso. O problema é que a equipe cascavelense já está matematicamente rebaixada para a Segundona. Se a decisão do TJD for mantida mexe com a classificação da competição faltando uma rodada para o término da primeira fase na qual se classificam oito equipes.


Entenda – Na última rodada o Cascavel CR receberia o Maringá e se não obtiver efeito suspensivo, a equipe maringaense herda os três pontos. Caso isto ocorra o Leão do Vale seria diretamente prejudicado, ficando na obrigação de vencer o Azuriz no Albino Turbay neste sábado, em jogo marcado para às 11h30.


Se o Maringá herdar os três pontos, Londrina (15 pontos), Azuriz (15) e Coritiba (14 pontos e 4 vitórias) precisariam pelo menos empatar seus jogos de sábado. Já Athletico (13 pontos) e Cianorte (13) teriam que vencer.


Jogos da última rodada: Paraná x Operário, Rio Branco x Coritiba, Cianorte x Azuriz, Toledo x Athletico e Londrina x FC Cascavel. A Federação Paranaense de Futebol (FPF) deve decidir nesta sexta-feira o que fazer. Se anular todos os jogos do Cascavel CR mexerá significativamente na tabela de Classificação.


A foto é de um dos lances do jogo entre Atlético vs Cascavel CR, que originou esta confusão. Com informações/foto do Portal Bem Paraná.


32 visualizações
banner_anuncie (1).png