“Comilão” de pizza vira garoto propaganda do restaurante que o expulsou

Por Paulo Tertulino - Blogueiro


De desempregado a garoto propaganda de diversas campanhas de marketing, incluindo a do restaurante da rede Ragazzo em São Paulo e que o expulsou.


O pintor de profissão João Carlos Apolonio, de 29 anos, ficou desempregado com a pandemia. Com a grana curta ele foi a um restaurante que oferecia rodízio de pizzas por R$ 19,90.


Podendo comer à vontade, João Carlos comeu 14 pratos. A direção da casa o convidou a se retirar e o isentou de pagar a conta. O pintor, em tom bem humorado, publicou sua história nas redes sociais, exibindo a foto de sua “façanha”.


Rapidamente ganhou mais de 40 mil seguidores. Isto despertou a atenção de agências de propaganda e o convidaram para trabalhar em algumas campanhas de marketing.


O restaurante Ragazzo lançou a campanha “Desafio das Massas”, em que frequentadores são desafiados a bater o recorde de João Carlos. Com informações do portal Enfim uma boa notícia.