Com clima tenso após falas de Bolsonaro, Pacheco cancela reuniões do Senado

Por Paulo Tertulino - Blogueiro


Os discursos feitos neste 7 de setembro em manifestações em Brasília e em São Paulo criaram um clima tenso no ambiente da Justiça e nos meios políticos. Como resultado disto, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), decidiu cancelar todas as reuniões do plenário e das comissões marcadas para esta semana.


Além disto, diversos partidos políticos – vários deles do chamado Centrão – vão se reunir ao longo desta quarta-feira (8) para tomar uma posição sobre pedido de impeachment contra Bolsonaro.


O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux após consultar os demais ministros da Corte, deve fazer pronunciamento público hoje as falas de Bolsonaro a apoiadores.


Entre os deputados o clima também é de expectativa, já que o presidente da Câmara, Arthur Lira ainda não se pronunciou sobre o assunto. Lira é forte aliado do Palácio do Planalto. Com informações de agências.