ews-removebg-preview.png
5b6c7583841b95f989bba6e0f2a9e9a4.gif

CEMIG confirma que avião que transformava Marília Mendonça bateu em torre de energia

Por Paulo Tertulino - Blogueiro


O avião que transportava a cantora Marília Mendonça e outras quatro pessoas atingiu um cabo de uma torre de distribuição da Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais) antes de cair em uma região de difícil acesso em Piedade de Caratinga, a cerca de 300 km de Belo Horizonte, nesta sexta-feira (5). A informação foi confirmada pela própria empresa.


"A Cemig informa que o avião bimotor que transportava a cantora Marília Mendonça e outras quatro pessoas atingiu um cabo de uma torre de distribuição da Companhia no município de Caratinga", afirmou, em nota, a assessoria de imprensa da companhia que disse, ainda, lamentar o acidente que resultou na morte das cinco pessoas que estavam no avião.


Como revelou o R7, um relatório do sistema de informações aeronáuticas do aeroporto de Ubaporanga, onde o avião deveria pousar, apontava que havia torres de alta tensão em montagem que ofereciam risco à aproximação de aeronaves.


O relatório, divulgado nos dias 3 de julho e 13 de setembro, chamado Infotemp indicou que as torres que estavam sendo instaladas violavam o plano básico de zona de proteção do aeroporto de Ubaporanga.



  • Whatsapp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • TikTok
Destaque
193571704_1302887140109724_1950007704887399431_n.jpg

* As matérias e artigos aqui postados não refletem necessariamente a opinião deste veículo de notícias. Sendo de responsabilidade exclusiva de seus autores.