Cassado em março deste ano, vereador Dadá recupera na Justiça seu mandato

Por Paulo Tertulino - Blogueiro


Em março deste ano o vereador Adailson Carlos Ignacio da Costa - o Dadá – teve seu mandato cassado na Câmara de Vereadores , acusado de rachadinha – quando o agente político recebe parte de salário de assessor.


Seu advogado Maurício Gonçalves Pereira não se deu por vencido. E ingressou na Justiça com recurso apresentando inconsistências nos argumentos que cassou o mandato de seu cliente. Ao menos temporariamente venceu a causa.


Nesta segunda-feira (16), a presidência do Legislativo publicou no Órgão Oficial, ato pelo qual acata a decisão da Desembargadora Relatora Astrid Maranhão de Carvalho Ruthes, em 05/08/2021, “deferindo a antecipação de tutela a fim de sustar os efeitos do Decreto Legislativo nº 001/2021, impedindo a baixa do registro de parlamentar do Senhor Adailson Carlos Ignacio da Costa e a nomeação de seu suplente, Maria Neuza Casassa que, como consequência, em outro ato oficial foi afastada do cargo”.