XCM_Manual_1111779_Prime_Day_Animation_with_Static_REQUEST_640x300_Prime_DES17-Hero-4-gif.gif
200.gif
gear-patrol-primeday-lead.gif

Caçar tigre é bem diferente de pescaria

Sinceramente, não esperava hoje ter que fazer um comentário sobre o fato de o Palmeiras já estar fora do mundial de clubes, mesmo o Tigres sendo um time forte acreditava fielmente que a grande final seria Palmeiras e Bayer. Essa derrota acende mais uma luz de alerta para os times sul-americanos, que muitas vezes chegam como favoritos para disputar a final, mas que na verdade tem acumulando muitos fracassos. Desde 2010, onde o Internacional de Porto Alegre foi desclassificado na fase de semi final pelo Mazembe, mais 4 clubes passaram por essa vergonha, e a última vítima foi o time alviverde, que foi eliminado com justiça pelos mexicanos.

Não podemos menosprezar o título recente na libertadores, e ainda o Palmeiras tem mais a final da copa do Brasil pela frente, mas no jogo de ontem o time foi totalmente dominado pelos mexicanos. O Palmeiras entrou com o mesmo formato de jogo utilizado contra o Santos, porém o time da vila Belmiro no primeiro tempo da final apenas pensou em se defender, assim como o esquema de Abel Ferreira, no entanto dessa vez o verdão encontrou um time mais técnico e veloz que partiu para cima deixando a defesa palestrina totalmente perdida. O jogo foi apenas 1 x 0, mas a grande atuação do Weverton foi fator decisivo para um placar mais elástico não acontecer.

Algumas peças importantes ontem tiveram atuações fracas, caso de Luiz Adriano que não estava acertando nem passe, e do próprio Abel Ferreira na escalação. O meio de campo ficou totalmente vulnerável e sem criatividade apenas com Danilo, Zé Rafael e Veiga, pois muitas vezes Gabriel menino faz na defesa um papel de lateral direito empurrando o Marcos rocha para o meio da defesa, onde ele se torna praticamente um zagueiro, fazendo assim uma linha de 5 jogadores. Mas isso não deu certo, uma porque o Gignac começou sair da área e muitas vezes ele mesmo iniciava as jogadas deixando os marcadores perdidos nessa transição, e também porque a saída de bola do Palmeiras foi totalmente abafada com a marcação alta do Tigres somado a ineficiência dos volantes para bola chegar mais à frente. Penso que já no intervalo Abel deveria ter trocado o Zé Rafael pelo Patrick de Paula que daria mais dinâmica ao meio campo e conseguiria vir buscar a bola na intermediaria e chegar mais ao ataque como homem surpresa.

A criação do Palmeiras foi vergonhosa, o Rony que deveria ser o jogador de velocidade pelas pontas para abrir a marcação e deixar o Luiz Adriano com os dois zagueiros lentos do time mexicano, muitas vezes estava fazendo o papel de centro avante, tornando assim o ataque lento...o jogo ontem era pelas pontas com velocidade, como disse no post de domingo de manhã, e isso ficou tão claro, que o Palmeiras quando o William entrou no jogo e ficou aberto pela direita.

Por fim, o meme “não tem copinha, não tem mundial” continua avassalador nas redes sociais, e acho que será muito difícil isso um dia mudar, pois o futebol sul-americano está cada vez mais medíocre e longe de conseguir novos títulos mundiais, devido a discrepância entre os elencos europeus e os demais times.


40 visualizações
banner_anuncie (1).png