Bozonaro ordena parada militar às vésperas de votação do projeto pelo voto impresso

Por Paulo Tertulino - Blogueiro


Na condição de presidente da República e, portanto, comandante em chefe das Forças Armadas, Bozanaro ordenou que haja um desfile de carros blindados, aeronaves, lançadores de mísseis e foguetes, totalizando 150 veículos nesta terça-feira (10).


A demonstração foi determinada pelo presidente Jair Bolsonaro, e irá simbolizar a entrega de convite ao presidente para acompanhar exercícios da “Operação Formosa”, executada pela Marinha desde 1988, em Goiás.


O convite à Presidência da República e outras autoridades ocorre sempre que há o treinamento, mas geralmente a entrega é feita em gabinete, de maneira protocolar. Neste ano, Bolsonaro determinou que houvesse o desfile de blindados.


O ato ocorre em meio ao desconforto de parlamentares e outras autoridades com o tom político das manifestações do ministro da Defesa, Walter Braga Netto, que inclusive teria pressionado, nos bastidores, pela aprovação do voto impresso.


O próprio Bolsonaro já admitiu que dificilmente a proposta de retorno do voto impresso será aprovada.

Parada do Exército Brasileiro em 2018.