Bolsonaro corre o risco de se tornar inelegível ano que vem na campanha de reeleição

Por Paulo Tertulino- Blogueiro


A decisão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) tomada nesta segunda-feira (02) de abrir inquérito administrativo contra Bolsonaro sobre disseminação de fake News colocando em dúvidas o processo eleitoral sem apresentar provas, coloca em risco seu projeto político de reeleição em risco.


A decisão do TSE foi encaminhada ao STF (Supremo Tribunal Federal). Se acatado, o pedido será encaminhado ao Ministério Público Federal a quem compete oferecer denúncia para o caso seja investigado.


Como tem foro privilegiado na condição de presidente, caberá ao Congresso Nacional aprovar a investigação contra Bolsonaro. Como ele tem base fraca de aliados no parlamento, tudo pode acontecer. Ou nada.


O inquérito irá investigar crimes de corrupção, fraude, condutas vedadas, propaganda extemporânea, abuso de poder político e econômico na realização desses ataques.


Se Bolsonaro responder a processo torna-se inelegível até a apuração dos fatos.