BN_LOGO-removebg-preview(1).png
200.gif
amazongiftcard.jpg

Bancada governista na CPI da Covid no Senado ainda não se encontrou

Por Paulo Tertulino - Blogueiro


O que os grandes analistas políticos diziam está se confirmando na prática. Em dois dias de tomada de depoimentos na CPI da Covid no Senado, que apura responsabilidades na condução de ações durante a pandemia, a bancada governista se mostra fraca na defesa de Bolsonaro.


A grande maioria dos senadores defende a vacinação em massa. Os governistas insistem no pacote de medicamentos de tratamento precoce. Não está emplacando.


Hoje o depoimento na comissão foi do ex-ministro da Saúde Nelson Teich. Ficou menos de 20 dias no cargo. E afirmou por várias vezes, que preferiu sair por discordar do tratamento precoce.


Como médico especialista de renome internacional, Teich é defensor intransigente da vacinação em massa. Os senadores criticaram muito as declarações feitas pelo Bolsonaro hoje (5) pelas quais pensa baixar decreto liberando tudo e colocando fim ao isolamento social.


A continuar neste ritmo, a chapa do Bolsonaro vai esquentar.