ews-removebg-preview.png
5b6c7583841b95f989bba6e0f2a9e9a4.gif

Audiência Pública apresenta projeto da LDO 2023 na Câmara de Cianorte

Representantes do Executivo e vereadores debateram sobre as Diretrizes Orçamentárias e prioridades do município para o próximo ano


Como acontece anualmente, a Câmara de Vereadores de Cianorte foi palco da Audiência Pública para apresentação do Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias – LDO, para o próximo exercício financeiro de 2023. A sessão ocorreu na manhã desta quinta-feira, 28 de abril e teve transmissão nos canais do YouTube e Facebook da entidade. Representantes do Executivo Municipal estiveram com os vereadores e membros da sociedade civil no plenário do Poder Legislativo.

A Assessora de Planejamento Anamaria Alves apresentou as projeções orçamentárias para o exercício financeiro de 2023, contando com a presença do assessor de Planejamento Alberth Martins Batista, que auxiliou ao dirimir as dúvidas dos presentes. A projeção de despesas para o próximo ano está em aproximadamente R$ 421 milhões. A LDO é encaminhada para Câmara até final de abril e fica para análise e votação até final de junho. O presidente da Câmara de Vereadores Wilson Peres Pedrão comandou a sessão e ao final disse que nenhuma indicação ou sugestão da população foi encaminhada durante a sessão, mas os e-mails do Legislativo e Executivo estão disponíveis para contato: contato@camaracianorte.pr.gov.br e planejamento@cianorte.pr.gov.br. Durante a sessão houve uma queda de energia, retomando a audiência quando a energia elétrica foi reestabelecida e pôde dar sequência à apresentação.


A secretária de Educação Kelly Cristine Rodrigues também compôs a mesa das autoridades. Estiveram presentes na audiência pública os vereadores Rodrigo Rezende, Neuza Casassa, Pastor Dejair, Tuika, Afonso Lima e Thiago Fontes.


O que é LDO?


A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) é elaborada anualmente e tem como objetivo apontar as prioridades do governo para o próximo ano. Ela orienta a elaboração da Lei Orçamentária Anual, baseando-se no que foi estabelecido pelo Plano Plurianual. Ou seja, é um elo entre esses dois documentos. O seu conteúdo básico está previsto no art. 165, § 2º, da Constituição Federal e ela estabelece as metas e prioridades para o orçamento anual do ano seguinte.


Na LDO Municipal devem conter, entre outros tópicos, a previsão de despesas referentes ao plano de carreiras, cargos e salários dos servidores, o controle de custos e avaliação dos resultados dos programas desenvolvidos e as condições e exigências para transferências de recursos a entidades públicas e privadas.


Fonte/Foto: Fernando Melo (Ascom/CMC)

  • Whatsapp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • TikTok
Destaque
6c1fbcee6a118df4a005a03243979426.jpg

* As matérias e artigos aqui postados não refletem necessariamente a opinião deste veículo de notícias. Sendo de responsabilidade exclusiva de seus autores.