ews-removebg-preview.png
5b6c7583841b95f989bba6e0f2a9e9a4.gif

Registros de Armas crescem 474% desde 2018 e Acidentes com Armas também



Anuário de Segurança Pública

O número de pessoas com certificado de registro de armas de fogo cresceu quase 5 vezes durante o governo de Jair Bolsonaro.

O Levantamento foi feito com base em informações do Exército, e leva em consideração registros para atividades de caçador, atirador desportivo e colecionar (CAC) até 1º de julho de 2022. Há ainda outros tipos de registros, que também notificaram crescimento.


No Brasil, são mais armas particulares do que públicas e 1 em cada 3 armas está irregular. Além disso, as apreensões caíram no último ano. Apesar de ter 14% da população brasileira, a região Sul tem 25% dos registros de armas de fogo.


Os pesquisadores do Fórum Brasileiro de Segurança Pública Isabel Figueiredo, Ivan Marques e David Marques alertam para o aumento "descontrolado" do número de armas e munição em circulação, incluindo as de alta poder destrutivo, como fuzis. E as potenciais consequências, como o desvio de armas regulares para o crime.


Em 3 anos, mais de 500 crianças sofreram acidentes domésticos por armas de fogo. Número corresponde a uma internação a cada três dias, aproximadamente. Em um ano, mortes por arma de fogo crescem quase 25% no Paraná.


Após três quedas consecutivas entre 2017 e 2019, o número de mortes provocadas por armas de fogo voltou a crescer no Paraná em 2020, quando um paranaense faleceu a cada cinco horas, em média, por conta de acidentes, suicídios e homicídios com o emprego desse tipo de armamento. Na comparação com o ano anterior, verifica-se ainda um aumento de quase 25% no número de registros entre um e outro período.


O aumento nas mortes por arma de fogo, entretanto, não foi uma exclusividade paranaense. No Brasil, houve alta de 5,46% nos óbitos desse tipo, que passaram de 34.109 registros em 2019 para 35.973 em 2020. E Monitor da Violência contabiliza 41.069 mil assassinatos no país durante 2021.


Arma Boa é na Mão da Polícia e das Forças Armadas.

Na Mão do Povo, é Perigo, é Violência, é Morte!

@profsta #profsta

  • Whatsapp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • TikTok
Destaque
NOVA1807 AD3.png

* As matérias e artigos aqui postados não refletem necessariamente a opinião deste veículo de notícias. Sendo de responsabilidade exclusiva de seus autores.