ofertas-do-dia-1 (1).png
200.gif
pet-shop-da-amazon-racoes-petiscos-e-mui

Animais perdidos: dicas para reencontrá-los

Aida Franco de Lima – Professora. Dr.ª e Mestre em Comunicação e Semiótica (PUC-SP), Jornalista e Especialista em Educação Patrimonial (UEPG - PR); Guia Especializada em Atrativos Turísticos Naturais (SENAC - EMBRATUR);Técnica em Vestuário (CEEP - PR); escritora (Série: Guardador de Palavras da Gabi).

Desenho ilustrativo da interpretação do conto: O cachorro perdido, de Manuel Bandeira


Toda vez que abro minhas redes sociais tem alguém anunciando o caso de um animal perdido. E, invariavelmente, olho no perfil da pessoa e onde esperava ver a mesma postagem, ela não aparece. Portanto, vou dar algumas dicas, que eu mesma percebi durante o tempo, que podem ser úteis. E, caso mais alguém queira completar, pode me por mensagem no Facebook que acrescento aqui. As dicas são basicamente pra cães e gatos, mas valem para outros também, basta adaptá-las.


A história dessa garotinha de quatro anos que fez um desenho do seu cachorrinho para ajudar a localizá-lo viralizou e você poder ler aqui


- Pense, primeiramente, na possibilidade de chipar o animal. Ali estarão todos os dados e se um canil, Ong ou veterinário o recolher, por exemplo, poderá saber sua origem, caso use o leitor de código;

- Tenha ao menos uma foto atualizada do animal, salva em outro lugar além do celular;

- Se o animal usar coleira, deixe sempre um fone atualizado, você pode inclusive adaptar chaveiros para colocar dados para contato;


Esse modelo de chaveiro não é caro, pode conter os dados básicos para identificar o animalzinho (Foto: Divulgação)


- Não deixe gatos com coleiras com guizos. Se ele se perderem, o guizo vai espantar possíveis caças que saciariam sua fome; Coleira só tem sentido se tiver informação, animal não precisa de acessório para ficar fofo;

- Não sei exatamente se funciona, mas vale a pena ter objetos (até mesmo a caixinha de areia) com o cheiro dos animais e dos próprios tutores em pontos estratégicos que possam facilitar a localização pelo olfato;

- Gatos ariscos fogem e ficam escondidos, podem estar em cima de árvores ou no motor dos carros. Se os chamarem talvez tenha sucesso, ao reconhecerem o tutor; De noite pode haver mais chances de localizá-los, por conta da menor intensidade do barulho;

- Se o animal fugir, escolha a melhor foto e marque o máximo de amigos, os mais aleatórios, na foto. Isso dará visibilidade pois mais pessoas além de sua rede de contato irá ver a imagem;

- Alguns animais, quando fogem durante a mudança para novas casas, podem voltar para as anteriores;

- Anote a cidade (lembre-se que na internet as mensagens chegam a outros países), bairro em que o animal se perdeu, data, horário, o nome dele, características e um fone ou WhatsApp para facilitar a comunicação. Nem sempre a pessoa que procura um animal vai conseguir acompanhar todos os comentários;

- Peça para os amigos compartilharem ao máximo a sua postagem;

- Compartilhe a mensagem nos bazares online da cidade; nos grupos que também procuram animais ou os colocam para adoção; peça ajuda para as ONGs divulgarem em suas páginas e nos grupos de mensagens;

- Anuncie em rádios, carros de som, use as mídias locais e alternativas;

- Não fique esperando o animal voltar sozinho, procure tão logo notou o desaparecimento;

-Espalhe cartazes em pontos estratégicos como pontos de ônibus, clínicas, mercados, entre outros;

- Oferecer recompensa é algo questionável, para evitar que pessoas roubem animais para exigir resgate, mas isso é opção de cada um. Nada proíbe.

- Você pode pedir ajuda a serviços de entregas, carteiros, agentes da Vigilância Sanitária, do serviço de água e esgoto, pois são trabalhadores que rodam toda a cidade e podem ajudar a localizar e, para tanto, não impede você propor uma retribuição. Como disse, há quem não recomenda, mas nada impede.

Essas são dicas que pensei rapidamente, mas que talvez ajude a localizar tantos animais perdidos. E por último:

Não desista de procurá-los. Certamente, se são amados, querem voltar para casa!



195 visualizações
banner_anuncie (1).png