Andréa: ensinou o valor da alegria

Por Ana Floripes - Professora



Parecia um dia comum, ano passado, no Salão de Beleza! Lá havia uma jovem que irradiava alegria. Ela cantava, sorria e conversava. Estava muito feliz! Na verdade, segundo informações das pessoas que a conheciam, era feliz e demonstrava a felicidade por onde passava.


Assim que cheguei, começou a conversar comigo e após meia hora, já lhe pedi para colocar música para todos que estavam naquele ambiente. Ela, sorridente, respondeu: "Deixe comigo, tenho aqui no meu celular, muitas músicas maravilhosas". Outro fato, que ela destacava, havia feito um tratamento nos dentes, estavam perfeitos, então fazia questão de sorrir ainda mais. Quando descobriu que tínhamos uma amiga em comum, a Ofélia Zamberlan Loureiro, fez questão de enfatizar, "Se é amiga dela é minha também. A Ofélia é minha irmã". Eu continuei: "Minha irmã também." Ela: "Então, somos irmãs". Enfim, era intensa e semeou a alegria nesse plano.


Há alguns dias vi a imagem de Andréa no Facebook. As pessoas estavam pedindo oração. Como só a encontrei uma vez, não a identifiquei de imediato, pensei: “Parece que a conheço”. Logo, a memória trouxe os registros: "Sim, é a moça que espalha alegria!"


Hoje, 08/03/2021, Dia Internacional da Mulher, acordei muito cedo e, infelizmente, ao abrir as Redes Sociais, novamente, me deparo com as lindas imagens de Andréa, só que com textos de despedidas. Lamentavelmente, ela foi mais uma das vítimas da Covid-19.


Segue, trecho extraído do texto publicado na página do Facebook. Assim, ela se definia:


Ah, sou aquela Garotinha, alegre extrovertida, companheira e de poucas palavras, e de muitos sonhos, de poucos pecados e muitas paixões, nisso tudo procuro deixar, amor, carinho, e disso tudo tento ter grandes amizades. Assim tento ser essa Garotinha de sonhos e de glórias e vitórias e de poucas ilusões e por aqui deixei um pouco de quem sou eu ...

Siga a luz, Andréa!


Os anjos a receberam com a mesma alegria que distribuiu na Terra, genuinamente. Ficarás eternamente nas memórias daqueles que tiveram o prazer de conviver contigo.



Obs.: sugestão para quem conviveu com a Andréa e queira escrever uma mensagem carinhosa, utilize o espaço dos comentários.

4,689 visualizações
banner_anuncie (1).png