XCM_Manual_1111779_Prime_Day_Animation_with_Static_REQUEST_640x300_Prime_DES17-Hero-4-gif.gif
200.gif
gear-patrol-primeday-lead.gif

A verdadeira Black Friday brasileira

Por Thiago Martins


Com certeza você já ouviu falar da famosa promoção chamada Black Friday. Talvez você já até comprou algo na última campanha.


A Black Friday se origina a partir do feriado do Dia de Ação de Graças, nos Estados Unidos, que é comemorado na quarta quinta-feira de novembro. Esta data é um momento onde a maioria dos norte-americanos trocam presentes (muitas vezes mais do que o Natal).

Então, no dia seguinte, várias lojas oferecem promoções, uma liquidação para acabar com o estoque.


A Black Friday tem sido rotineiramente o dia de compras mais movimentado do ano nos Estados Unidos, pelo menos desde de 2005. No Brasil, esta campanha de promoção de vendas ocorre há poucos anos e muitos consumidores se sentem enganados por algumas empresas.



Apesar de impulsionar as vendas, acredito que há um mês que realmente podemos considerar compras com descontos de verdade.


Janeiro: o mês das promoções


Após a temporada de compras de Natal, muitas lojas do comércio aproveitam o mês de janeiro para impulsionar as vendas. Em especial, para as lojas físicas da nossa cidade.


Então, se você é consumidor este é um momento importante, pois realmente as lojas fazem descontos reais. Diferente do que nós brincamos sobre o mês de Novembro: "tudo pela metade do dobro" em janeiro é possível encontrar promoções de verdade.


Sou consumidor


Para quem é consumidor, a dica é ficar de olho no perfil das lojas que possuem os produtos o quais você quer comprar. Geralmente elas comunicam com antecedência o data em que será o "Dia D".


Na maioria dos casos, os descontos são para pagamento à vista, então tente não gastar todo o 13o e suas economias no final de ano. Outro ponto importante é que a maioria das lojas não fará a entrega, isto é, você é o responsável pelo frete.


Sou varejista


Aproveite o momento para fazer o giro do seu estoque e, consequentemente, dar caixa para sua empresa. Dê descontos nos itens que estão parados há mais tempo.


Um ponto importante é divulgar o dia em que será feita a liquidação, você pode colocar toda a loja com desconto fixo ou trabalhar descontos diferentes para cada item. Anuncie sempre o desconto máximo da loja: TODA LOJA COM ATÉ 70% DE DESCONTO.


Pense no ponto de venda, crie uma estratégia para diminuir o ritmo dos pedestres na calçada: uma decoração, atração ou brinde que faça com que eles reparem na loja.


Enfim, creio que teremos uma boa oportunidade de começar o ano de uma maneira boa: vendo o dinheiro circular na praça


Por Thiago Martins, publicitário, professor na Unipar, doutorando em Comunicação, fundador do Marketing Sem Gravata

27 visualizações
banner_anuncie (1).png