A primeira missa rezada em Cianorte

* Por Izaura Varella - Advogada e Professora

Primeira Igreja construída em Cianorte na Av. Souza Naves.


Na década de 1.950 todos os pioneiros que aqui chegavam vinham com o coração cheio de esperança, não importavam as dificuldades provocadas pela falta absoluta de conforto e qualidade de vida. Conforme as famílias iam chegando se acomodavam nas principais ruas abertas no centro da cidade em pequenas construções de madeira, em barracas provisórias, em salões de madeira, ora na Avenida Goiás, ora nas ruas Piratininga e Ipiranga, na Avenida Lovat e na Vila Operária.


A construção nascia do dia para a noite. Os moradores queriam vencer na vida e eram poucos e foram ficando amigos, fortalecendo os laços de amizade. Todos eram conhecidos de um e de outro... E o que se fazia, além de trabalhar quando chegavam os sábados e os domingos? Trazer a cadeira para fora de casa, na calçada improvisada e bater papo com os vizinhos amigos era um costume do qual não se abria mão. Um jogo de futebol aqui e ali, nadar nos rios próximos da cidade, tomar banho na Cachoeira do Rio Ligeiro, encostar-se à porta de um bar recém-inaugurado e bater papo sem compromisso.


Mas a população se ressentia da falta de igreja onde pudesse praticar a sua fé. Todos os sábados alguma família organizava a reza do Santo Terço em alguma casa da redondeza. A família tomava o seu lampião ou o farolete e buscava o caminho da reza. Não havia diversão melhor para as crianças que ficavam soltas no terreiro brincando, enquanto os adultos rezavam. A falta de uma igreja foi apurando o desejo da população de se reunir numa casa própria para a prática da religião.


Quando houve a fundação da cidade em 26 de julho de 1.953 os Diretores da Companhia Melhoramentos Norte do Paraná, antes de comemorar a data com um churrasco feito no meio da mata que campeava a Avenida Santa Catarina, convidaram o Vigário de Peabiru, comarca que Cianorte pertencia, para celebrar a primeira Santa Missa no chão desta terra querida. Assim, num terreno ainda coberto de palmitos, onde hoje se localiza a Santa Casa de Cianorte, começava a construção de um hospital chamado Hospital Nossa Senhora de Fátima sob a direção daquele médico que seria o terceiro Prefeito Municipal Dr. Ramon Máximo Schulz e de seu sócio, médico também, Dr. Ovídio Luiz Franzoni que mais tarde foi Deputado Estadual.


Neste local singelo, debaixo das sombras das árvores e dos palmiteiros, ao ar livre, num altar improvisado, o Padre Walter Zimoski P.V.I. celebrou a primeira Santa Missa de Cianorte. O funcionário da Companhia Wilson Varella tinha um filho que estudava no Colégio de Padres Cristo Rei, em Jacarezinho, Virgilino Ferreira Varella, então com 13 anos de idade foi o coroinha que auxiliou na celebração. No altar desnudo, Ana Maria Manfrinato, esposa do pioneiro Primo Manfrinato ofereceu ao altar um quadro onde estava estampada Nossa Senhora de Fátima com os três pastorzinhos.


Que história linda, Cianorte tem para contar para os seus habitantes de hoje. Começa aí uma cidade que colocou na sua história, antes de qualquer outra esperança de crescer, a sua religiosidade. E cheia de bênçãos, Cianorte cresce orgulhosa e altaneira!

119 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Receba nossas atualizações

Bisbi Notícias: Rua Constituição 318, Zona 1 - Cianorte PR - (44) 99721 1092

© 2020 por bisbinoticias.com.br - Todos os direitos reservados

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco