ews-removebg-preview.png
5b6c7583841b95f989bba6e0f2a9e9a4.gif

A inexperiência política do senhor Franzato vai lhe colocando em saia justa

Por Paulo Tertulino - Blogueiro


Uma coisa é ser bom administrador na área privada. Isto o senhor Marco Franzato provou e comprovou que é. Outra coisa é ser prefeito. Não é suficiente apenas conduzir a rotina de uma prefeitura. Fosse assim seria relativamente fácil.


Tem toda uma complexidade política nisto. Primeiro – o prefeito tem que acertar na nomeação da sua equipe; segundo – ter uma base forte na Câmara de Vereadores; terceiro – ter parcerias com deputados que encaminhem junto ao Governo reivindicações de interesse público do Município.


O senhor Marco Franzato, em início de mandato, enfrenta uma prova de fogo. Comprovar que como homem público também é bom administrador. Isto está fazendo muito bem, principalmente em tempos de pandemia.


Sua deficiência é que se mostra um homem centralizador nas decisões. Nem para um executivo isto é bom. Trabalhar em equipe é o caminho.


Na condução política da administração é que o senhor Marco Franzato mostra sua fragilidade. Não dá a devida atenção aos vereadores. Não lhes fazendo favores políticos, mas sim lhes atendendo no que é efetivamente para atender as necessidades da comunidade.


Esta coluna cantou a bola em edições passadas – Se não mudar sua relação, o prefeito perde maioria segura na Câmara de Vereadores. Errei feio. No momento vai perdendo

.

  • Whatsapp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • TikTok
Destaque
193571704_1302887140109724_1950007704887399431_n.jpg

* As matérias e artigos aqui postados não refletem necessariamente a opinião deste veículo de notícias. Sendo de responsabilidade exclusiva de seus autores.