A hecatombe da Covid-19 e suas terríveis consequências

Por Paulo Tertulino - Blogueiro


Hecatombe nada mais é que a morte de milhares de pessoas em trágico efeito dominó. E o que estamos sentido na carne? Sistema colapsado, sem vacina e nada que indique que estamos ao menos no caminho certo para ver uma luz no final do túnel. Mesmo que distante.

De um lado os que defendem o “fique” em casa sob o lema de que vidas importam mais que dinheiro; de outro, os que defendem o direito de trabalhar e assim tirar o seu sustento. Cada um ao seu modo não está de todo errado. Assim como não está de todo certo!

Por ser uma situação complexa não pode ser resolvida com uma solução simples. Se ficarmos por um longo período em casa ficaremos pouco a pouco à margem social. Sem ganho de qualquer ordem, passaremos a depender das migalhas do Estado – “suavemente” batizado de auxílio emergencial.

De outro modo se tentarmos levar uma vida normal com a qual estávamos acostumados, ficaremos expostos a este terrível vírus e que já mostrou sua face mais cruel – o extermínio em poucos dias. Poderemos ter dinheiro, mas não teremos meios adequados para restaurar a nossa saúde.

A fantástica e avançadíssima engenharia científica ao redor do mundo ainda não chegou – embora trabalhe diuturnamente em cima disto – a uma solução capaz de tranquilizar a humanidade. Assim todos nós vivemos a terrível perplexidade simplesmente com as mãos atadas. Impotentes e aterrorizados.

De certa forma, nos tempos atuais romanticamente em relação a aqueles, retornamos à infância, quando em dias frios e úmidos nossa mãe insistia para que nos agasalhássemos bem para não ficar gripado. Hoje os especialistas nos aconselham – use máscara e mantenha distância. É o que temos e que pode nos proteger o mínimo possível para não contrair esta doença mortal.